Gás: preço deve subir em ao menos 15 estados

Um levantamento feito pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia (Abrace) aponta para um aumento do preço do gás natural em pelo menos 15 estados neste fim de ano. 

Em São Paulo, o reajuste deve ser de 8,11%, por exemplo. Já em Minas Gerais, o aumento pode ser de 23,56%. As alterações devem gerar um aumento de custos para as empresas, que poderão repassar isso para o preço final de seus produtos, onerando, na ponta, o consumidor.

A valorização do dólar e do preço do barril de petróleo no mercado internacional no último trimestre são os principais fatores por trás dos possíveis reajustes. Na última quarta-feira, a Petrobras anunciou aumento médio de 33% no preço da molécula de gás, o que afeta em parte o valor final do gás canalizado e do GNV, para carros. Na maior parte das distribuidoras, os reajustes são revistos a cada três meses.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta