GOfit: ANP vai avaliar novo serviço da Refit

Na última sexta-feira (1), a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) divulgou, em nota, que já convidou a Refit para apresentar o plano de negócio do GOfit e que assim, poderão avaliar o melhor formato regulatório do serviço.

O novo projeto, que trata-se de um delivery para venda de gasolina e etanol direta ao consumidor via aplicativo de celular, foi muito questionado por empresas e diversos agentes do mercado de combustíveis, visto que ainda não tem todas as licenças necessárias e nem a aprovação da ANP.

A antiga Refinaria de Manguinhos disse que o aplicativo é uma “inovação na luta contra o atraso no setor de combustíveis”, é inédito no país e “incomoda os dinossauros do setor”.

Na avaliação do presidente da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), Paulo Miranda Soares, não existe no Brasil nenhuma legislação que regulamente esse tipo de revenda. Já a ANP comunicou que se trata de atividade submetida à regulação da Agência, embora ainda não haja norma específica definindo as regras para esse novo tipo de negócio.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta