Governo busca aproximação com operadoras de óleo e gás

O Ministério de Minas e Energia (MME) lançou em parceria com a Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip) e a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o programa Circuito Virtuoso da Indústria de Óleo e Gás no Brasil. O objetivo é atender as novas operadoras e afretadoras de óleo e gás que entrarão no Brasil como resultado das últimas rodadas de licitação.

A intenção é demonstrar que a indústria nacional no setor de petróleo e gás se mantém competitiva e pode atender as demandas internas e externas. Ou seja, o Brasil é possuidor de polos produtivos que estão aptos a atender às companhias. O circuito já tem eventos programados em diversas regiões brasileiras, sendo que o primeiro deve ser realizado no próximo dia 20, no Maranhão, onde acontecerá ainda uma visita a Eneva, terceira maior empresa em capacidade térmica do país e operadora privada de gás natural do Brasil, situada no complexo da Bacia do Parnaíba.

O programa deve acontecer até setembro de 2018, quando ocorrerá a Rio Oil & Gas Expo and Conference, na cidade do Rio de Janeiro, evento que é considerado o maior do setor da América Latina, promovido pelo Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (IBP).

Márcio Félix, secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, disse que o circuito busca oferecer mais amplitude ao que já vem sendo construído pelo Brasil em relação a abertura de mercados.

Continue acompanhando a Panorama Offshore e saiba tudo sobre o mundo do petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br e  www.facebook.com/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta