Grevistas protestam em sede da Rede Globo

Já são 14 dias de protestos por petroleiros acontecendo em todo o Brasil. Trabalhadores da Refinaria Duque de Caxias (Reduc) realizaram uma manifestação em frente a sede da Rede Globo solicitando a cobertura da greve nacional, que já mobiliza 108 unidades em 13 estados, com mais de 20 mil petroleiros paralisados.

Essa já é a maior greve do ramo desde a que aconteceu em 1995, que durou 32 dias. As duas possuem como pano de fundo a possibilidade de privatização de ativos da estatal. Na região sudeste, já são 39 plataformas da Petrobras que aderiram à greve. Assim como no Espírito Santo, na Bacia de Campos e na Bahia, nos terminais de Candeias e de Catu, e no terminal de Pilões, em Cubatão.

No Rio Grande do Norte, trabalhadores que operam o Campo de Ubarana cortaram a rendição nos embarques e os trabalhadores do Ativo Industrial de Guamaré (AIG), responsável pela produção de GLP, querosene de aviação e diesel, também aumentam a participação na greve. O mesmo ocorre nos campos de produção terrestre.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta