Ibama pode arquivar licenciamento para a Total

Conforme a Panorama Offshore já noticiou, a demora na expedição de licenças ambientais para exploração de petróleo tem feito com que muitas petrolíferas não consigam iniciar seus trabalhos offshore, o que vem causando entraves em novos investimentos no setor de petróleo no Brasil.

Por outro lado, a falta de informações das empresas envolvidas pode não só atrasar os trâmites, como também causar o arquivamento de licenças. Esse é o caso da petrolífera francesa Total junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

De acordo com o Ibama, foram solicitadas informações inerentes à liberação da licença para a Total explorar blocos de petróleo na Foz do Amazonas. Mas até o momento, não houve resposta da empresa. O Instituto informou ainda que, caso a petroleira não responda a sua quarta e última solicitação, poderá ser arquivado o processo de licenciamento.

Se por um lado existe burocracia nas autorizações do licenciamento ambiental, por outro as empresas deveriam fornecer as informações com precisão e o quanto antes. Assim, todos só teriam a ganhar, inclusive o setor de petróleo e gás brasileiro que anda “respirando por aparelhos”.

Continue acompanhando a Panorama Offshore e mantenha-se informado sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

13 comentários em “Ibama pode arquivar licenciamento para a Total

Deixe uma resposta