Shell pretende injetar 10 bilhões de dólares no Brasil

O presidente mundial da Shell, Ben Van Beurden, voltou a estar com o Presidente Temer no dia 10 de novembro. Ele foi levar uma boa notícia: sua empresa planeja investir US$ 10 bilhões nos próximos quatro anos no Brasil. Van Beurdn disse que o aporte financeiro será feito prioritariamente para projetos relacionados ao pré-sal, incluindo o Campo de Libra, e em parceria com a Petrobrás. E já adiantou que a Shell avalia novas oportunidades como os leilões do próximo ano e do pré-sal que poderão ser feitos a partir de 2018.

O executivo ressaltou que a empresa também poderá estender sua participação em leilões realizados no próximo ano e acrescentou que a companhia acompanha com atenção medidas de estabilidade fiscal e legal do país. A ideia é tornar o Brasil um dos três destinos principais para investimentos globais do grupo Shell.

O executivo elogiou a aprovação pelo Congresso do projeto que acaba com a obrigatoriedade da Petrobrás ser a operadora única do pré-sal, o que ampliará a participação privada na exploração. Segundo ele, a iniciativa é um movimento correto do país, porque abrirá novas oportunidades econômicas e permitirá que novas empresas estrangeiras atuem no mercado nacional, gerando novos empregos.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta