Lixos se transformarão em energia sustentável

Milhões de lixos que são despejados em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul serão convertidos em energia sustentável. A Usina dos Sólidos deve entrar em vigor no final de 2019 ou início de 2020, e promete produzir energia elétrica suficiente para abastecer todos os prédios da prefeitura, incluindo escolas e secretarias.

Segundo o diretor superintendente da empresa responsável pelo projeto da Usina, Maurício Dias Fernandes, esse projeto é novidade no Brasil, mas na Europa e no Japão já foi implantado. Foram mais de 10 anos buscando no exterior uma forma de fazer e criar um novo modelo de gerar energia que não cause gases nocivos ao meio ambiente. Além disso, Fernandes garante que a proposta também é para produzir economia para a cidade.

Toda a obra terá custo de R$ 54 milhões e um contrato de 35 anos com a prefeitura, pois ela cedeu o espaço para construção da Usina dos Sólidos. O local que foi escolhido para a obra é o Vale dos Vinhedos.

Fique por dentro de tudo que envolve o mercado de petróleo, gás, energia, biocombustíveis, offshores. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br ou www.facebook.com.br/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *