Manati: Geopark anuncia venda de participação

Na última segunda-feira (23), a empresa latina Geopark anunciou um acordo para vender por R$ 144,4 milhões sua participação de 10% no campo de Manati, em águas rasas da Bacia de Camamu, para a Gas Bridge. 

A operação tem como condicionante a aquisição de 90% do projeto, que tem como sócias Petrobras (35%, operadora), Enauta (45%), PetroRio (por meio da Brasoil Manati, 10%) e Geopark (10%).

Em agosto, a Enauta anunciou a venda para a Gas Bridge de sua participação, e no começo do mês, a PetroRio também anunciou a venda de 10% do campo. A Gas Bridge ainda precisa acertar a compra da participação da Petrobras, que começou a ser vendida em maio.

A Gas Bridge foi criada no ano passado pelo ex-diretor da Petrobrás e ex-presidente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), João Carlos de Luca, em parceria com outros executivos como Marco Tavares, Esteban Papanicolau, Peter Boot e Ronaldo Borgerth. O Campo de Manati vai representar a entrada da empresa no mercado de produção de gás natural. Até agora, a petroleira vem se movimentando para ser uma supridora do energético em diversas frentes, incluindo a importação de gás boliviano e operações com gás natural liquefeito (GNL).

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta