Moçambique poderá ser principal fonte de gás natural

Durante a conferência internacional sobre gás, Mozambique Gas Summit, que aconteceu em Maputo, o vice-presidente da área de Gás Natural Liquefeito da empresa multinacional norte-americana Anadarko, Andrew Seck, defendeu que Moçambique pode se tornar um motor no setor de gás, visto que a cidade tem plenas condições de produzir o produto a nível mundial.

De acordo com Seck, o país precisa se preparar para assumir a liderança de produção em 2020 e se aproveitar da lei da oferta e procura de gás que deve ter crescimento neste período. O vice-presidente da Anadarko disse “que todos os projetos contam com uma janela de oportunidade nas áreas energéticas e entre 2022 e 2023, Moçambique terá a oportunidade de se posicionar como um grande motor e novo ator neste setor”, informou.

Segundo apuração das reservas que o consórcio da companhia de Seck realizou as reservas de gás natural na Área 4 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, está estimada em 75 bilhões de pés cúbico.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

4 comentários em “Moçambique poderá ser principal fonte de gás natural

Deixe uma resposta