Motivos para seguir normas de segurança offshore

Por dividir a atenção em cumprir metas, prazos e atividades que exigem muito comprometimento e seriedade, os trabalhadores do setor offshore acabam esquecendo de trabalhar com segurança em plataformas. Porém, o ramo é um dos que mais oferecem riscos e exigem cuidados.

Primeiramente, é necessário fazer treinamento sobre o uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Em plataformas offshore, óculos de segurança, botas, luvas, capacete e protetor auricular fazem parte da lista básica de equipamentos, além de coletes salva-vidas, respirador, macacão de peça única com capuz, protetores faciais, cintos de segurança, roupas de imersão, etc.

Como o trabalho na indústria petroquímica envolve materiais altamente inflamáveis, que geram um alto risco de incêndios, é indispensável a adoção de medidas preventivas, o treinamento e reciclagem periódica. Além disso, nas plataformas, frequentemente, é preciso usar instrumentos nucleares, como medidores, que usam fontes radioativas, visto que o risco de irradiação e contaminação pode ser grande e requer cuidados extras.

Devido à localização, a incidência solar é altíssima, portanto use filtro solar para proteger a pele e beba bastante água no ambiente de trabalho. Outra dica importante é não usar equipamento eletrônico nas plataformas.

Geralmente, um acidente ou emergência podem ser resolvidos rapidamente se as medidas adequadas forem executadas nos primeiros instantes ou podem ser evitados, seguindo as normas de segurança. Por isso, vale a pena se atentar para essas dicas.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta