Namíbia é o foco de exploração de petróleo da Angola

A ACREP – Exploração Petrolífera, empresa de direito angolano, completou a pesquisa de avaliação ambiental da região de Gava e Sikarosompo, na região do Kavango, na Namíbia e agora iniciará um levantamento nos blocos 1718 e 1818, na bacia sedimentar de Etosha. As informações são dos governos regional de Kavango West.

A imprensa da Namíbia destacou que a atividade de exploração naqueles dois blocos tem sido frequente. Tendo ocorrido, inclusive, no dia 18 de fevereiro, um encontro entre o responsável pelo setor de petróleo no Ministério de Minas e Energia da Namíbia, Maggy Shino e a empresa ACREP.

Atualmente, a Angola é o maior produtor de petróleo da África, produzindo cerca de 1,6 milhões de barris de óleo bruto por dia. Já a Namíbia, está a pouco tempo no setor de petróleo e gás, sendo impulsionada em 2014, por conta dos altos preços dos barris. Com a queda da cotação dos últimos anos, o interesse em exploração reduziu, retornando agora com as investidas da ACREP.



Deixe uma resposta