Navios petroleiros sofrem ataques no Oriente Médio

Nesta segunda-feira (13), a Arábia Saudita confirmou que dois navios petroleiros do país estavam entre os quatro que sofreram ataques, enquanto navegavam na região do Estreito de Ormuz, próximo à costa dos Emirados Árabes Unidos. As afirmações são do ministro de Energia saudita, Khalid al-Falih. A Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos são dois dos maiores produtores de petróleo do planeta.

O episódio ocorreu por volta das 6h de domingo (12), próximo a Furaijah, um dos maiores centros de abastecimento de combustível do mundo, no momento em que as embarcações estavam a caminho do Golfo Pérsico. Segundo Falih, os ataques não geraram vítimas e nem vazamento de petróleo no mar, no entanto, causaram danos significativos nas estruturas dos navios. Após os ataques, o preço do petróleo bruto nos mercados mundiais chegou a aumentar em 1,1%, com o barril a US$ 71,77.

Batalha comercial
O ataque aconteceu em meio ao conflito do relacionamento comercial entre Estados Unidos e Irã, que travaram batalha com descumprimento de acordo internacional e imposição de sanções econômicas. Contudo, o ocorrido, que foi classificado como “tentativa de minar a segurança do abastecimento internacional”, não obteve acusação de culpados.

Saiba quais são as principais notícias da indústria nos setores de petróleo, gás, energias, onshore, offshore e tecnologias. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

3 comentários em “Navios petroleiros sofrem ataques no Oriente Médio

Deixe uma resposta