Obras no Comperj devem contratar mais de 2.500 empregados

Informações do diretor de Desenvolvimento de Produção e Tecnologia da Petrobras, Hugo Repsold, indicam que as obras da Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) do Comperj já estão em andamento e devem ser finalizadas até 2020. O projeto deve contratar entre 2.500 a 3.000 trabalhadores até o fim deste ano.

A obra está sendo realizada pela chinesa Shandong Kerui e pela Método Potencial, mas a detentora do projeto é a Petrobras. O orçamento está estimado em R$ 2 bilhões. De acordo com Hugo Repsold, não é um empreendimento caro, mas fundamental para o pré-sal, porque escoará a Rota 3 (escoamento de produção) da empresa.

Sobre as demais obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro ainda não há data para começar, já que ainda é objeto de negociação entre a Petrobras e a chinesa CNPC. Há ainda o planejamento para a construção de um gasoduto para completar a rota de escoamento, mas que ainda será licitado pela ANP.

Os projetos são a alavanca necessária para o desenvolvimento de oportunidades de empregos no Rio de Janeiro. Mantenha-se informado sobre tudo no mercado de petróleo, gás, energia, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore no portal da Panorama Offshore e lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *