ONU acende alerta vermelho sobre o clima

Na última segunda-feira (9), foi publicado pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) uma resolução sobre mudanças climáticas que reforça a importância da escolha por energias que sejam oriundas de fontes limpas e renováveis, principalmente no atual momento de crise ambiental. Em meio a isso, António Guterres, secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), pediu para que nenhuma central de carvão seja construída a partir do próximo ano, pois o uso de materiais poluentes pode piorar ainda mais a atual situação de desequilíbrio ambiental.

Boris Johnson, primeiro-ministro da Inglaterra (sede da conferência climática COP26 que acontecerá em novembro), acredita que “a próxima década será decisiva para o futuro do nosso planeta”. Johnson afirmou que “sabemos o que precisa ser feito para limitar o aquecimento global: relegar o carvão ao esquecimento e mudar para fontes de energia renováveis, proteger a natureza e financiar o clima”.

A reunião ocorrerá no penúltimo mês do ano e tem como base o relatório publicado que alerta também sobre a possível ameaça à humanidade, que corre risco de sofrer com desastres sem precedentes. A reunião deve ser pautada por possíveis soluções que reduzam as emissões de gases de efeito estufa. “Se unirmos forças agora, podemos evitar a catástrofe climática. Mas, como o relatório de hoje indica claramente, não há tempo e não há lugar para desculpas”, apelou Guterres.

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta