ONU pede por caminho da energia limpa

Nesta quinta-feira (9), o secretário-geral da ONU, António Guterres, convocou “todos os líderes a escolherem o caminho da energia limpa” em seus planos de recuperação econômica pós-Covid-19 e estimulou os países a proibirem o uso do carvão. 

Em relação às mudanças climáticas, o secretário afirmou que “o apoio a setores como indústria, aviação e transporte deve estar condicionado à sua adaptação aos objetivos do Acordo de Paris” e que seu objetivo é reduzir drasticamente as emissões de gases causadores do efeito estufa para manter o aquecimento “bem abaixo de 2ºC” em comparação com a era pré-industrial. 

Guterres também citou exemplos positivos, como os planos da União Europeia e da Coreia do Sul, e a escolha da Nigéria de reformar sua estrutura de subsídios para o setor de energia fóssil. Porém, ao citar o relatório sobre os planos de recuperação previstos no G20, o secretário lamentou: “mostram que o dobro do dinheiro (dinheiro dos contribuintes) foi gasto em energia fóssil, e não em energia limpa”.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta