Opep diz que preços do petróleo não desabarão de novo

De acordo com uma afirmação feita nesta quinta-feira (15) pelo secretário-geral da Opep, Mohammad Barkindo, a Opep+ irá cuidar para que os preços do petróleo não desabem novamente. O grupo irá se reunir no final de novembro para definir suas políticas.

“Quero assegurar-lhes que a parceria entre Opep e os países de fora da Opep continuará a fazer o que sabe fazer de melhor, garantindo que não recairemos nessa derrocada quase histórica que vimos”, disse Barkindo, que também acrescentou que a demanda por petróleo tem se recuperado mais lentamente do que previsto. “Nós temos que ser realistas, essa recuperação não está acelerando no ritmo que esperávamos mais cedo no ano”, disse.

Vale ressaltar ainda que um comitê técnico da Opep+ se reúne nesta quinta-feira (15) para discutir o nível de cumprimento dos cortes de oferta pelos membros do grupo, assim como os fundamentos do mercado. Alguns países como Iraque, Nigéria e Emirados Árabes Unidos estavam atrasados em suas metas e terão que fazer cortes adicionais até o fim do ano para compensar. Contudo, de acordo com o secretário-geral da Opep, esse esquema de compensação está funcionando bem.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta