Opep prevê elevação da oferta de petróleo no Brasil

Em relatório divulgado pela Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep), o Brasil terá a maior elevação da oferta do “ouro negro” em comparação com os países que não fazem parte do cartel. Segundo previsões da Organização, ocorrerá um aumento da oferta de 250 mil barris por dia para 3,4 milhões bpd.

Ainda de acordo com o relatório da Opep, a produção líquida total brasileira, em dezembro de 2016, subiu 70 mil bpd ante novembro, para uma média de 3,33 milhões de bpd. Para confirmar suas previsões, a entidade citou também a criação de três unidades de produção no ano passado da Petrobrás e, mais recentemente, na Cidade de Caraguatatuba, onde serão iniciadas mais quatro plantas: Tartaruga Verde e Mestiça, Lula Norte (P-67), Lula Sul (P-66) e Libra.

Vale lembrar que as medidas tomadas pela Opep com o acordo de diminuir a produção de petróleo para aumentar o valor do barril estão, aos poucos, trazendo efeitos. A Organização já havia divulgado, conforme noticiado pelo Panorama Offshore, que a demanda de petróleo em 2017 será maior que o previsto e que o primeiro corte feito pelos países membros do cartel, bem como outros aliados, é um dos mais importantes realizados na história das inciativas da Organização.

Em 2016, o Brasil se posicionou contra os cortes de produção. Segundo o secretário de Petróleo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix, o governo não vê como um corte da oferta poderia resolver o problema dos preços baixos do petróleo.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

15 comentários em “Opep prevê elevação da oferta de petróleo no Brasil

Deixe uma resposta