Opep+ prorroga cortes de produção até julho

A Opep+, grupo formado por países aliados à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), concordou em prorrogar os cortes de produção de petróleo até o final de julho. O acordo entre os membros da Opep+ foi fechado no último sábado (6), retirando, assim, quase 10% da oferta global do mercado. Com isso, os preços da commodity subiram na manhã desta segunda-feira.

O petróleo Brent subia 0,38 dólar, ou 0,9%, a US$ 42,68 por barril, às 8h06 (horário de Brasília). Já o petróleo dos Estados Unidos avançava 0,19 dólar, ou 0,48%, a US$ 39,74 por barril. Ambos os contratos bateram suas máximas desde o dia 6 de março, a US$ 43,41 e US$ 40,44, respectivamente.

Vale lembrar que o Brent quase dobrou de valor desde que a OPEP, a Rússia e a Opep+ acordaram, no mês de abril, um corte de oferta de 9,7 milhões de barris por dia entre maio e junho. A iniciativa teve como foco estabilizar os preços do petróleo, que colapsaram por conta da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

2 comentários em “Opep+ prorroga cortes de produção até julho

Deixe uma resposta