OPEP+ quer manter cortes de produção

A Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e seus aliados, liderados pela Rússia (Opep +) chegaram a um acordo em abril para cortar produção da commodity em 9,7 milhões de barris por dia (bpd) em maio e junho. Porém, fontes do grupo informaram à Reuters, na última terça-feira (13), que a organização deseja manter os atuais cortes mesmo após junho. 

“Os ministros querem manter após junho os mesmos cortes de produção de agora, que são de cerca de 10 milhões de bpd. Eles não querem reduzir o tamanho dos cortes. Esse é o cenário básico que está sendo discutido agora”, disseram as fontes. 

A próxima reunião da Opep+ para definição da política de produção acontece no início de junho. Uma fonte familiarizada com os pensamentos da Rússia disse que o país não descarta uma prorrogação dos cortes mas “isso vai depender da situação do mercado”.

Nesta quarta-feira (13), o grupo acrescentou em seu relatório mensal que os cortes recordes de oferta promovidos em conjunto com outros produtores já estão ajudando a reequilibrar o mercado.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta