Opep tem consenso para estender cortes de produção

Segundo o ministro de Energia da Argélia, Abdelmadjid Attar, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) chegou a um consenso sobre a necessidade de prorrogar os atuais cortes de produção da commodity por três meses a partir de janeiro. Agora, os países do grupo terão que convencer seus aliados na Opep+. 

“Há um consenso, no nível da Opep, em estender os cortes atuais, de 7,7 milhões de barris por dia (bpd), até o final de março”, disse Attar, de acordo com a agência de notícias estatal da Argélia. O ministro fez os comentários depois que os ministros da Opep iniciaram discussões sobre uma política que ajudaria os produtores a lidar com a fraca demanda em 2021, devido à crise do coronavírus.

A Opep+ iria realizar uma reunião nesta terça-feira (01), porém as negociações foram adiadas por dois dias para que os ministros tenham mais tempo de chegar a um acordo. O grupo deveria flexibilizar os cortes de produção em 2 milhões de bpd a partir de janeiro. Mas, com a demanda ainda sob pressão, os países tem considerado prorrogar os atuais cortes de 7,7 milhões de bpd, cerca de 8% da demanda global, pelos primeiros meses de 2021, uma posição defendida pela Arábia Saudita, disseram fontes.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta