P-67 da Petrobras chega ao Brasil para operar no Campo de Lula

A Petrobras anunciou na última quarta-feira, dia 18 de julho, a chegada de uma nova plataforma ao Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos. A P-67, veio da China após uma viagem de 45 dias, e encontra-se na Baía de Guanabara, onde permanecerá até que seja cumprida a fase de testes.

A P-67 foi uma encomenda destinada a empreiteiras e estaleiros nacionais, que foram envolvidos em irregularidades, acarretando na suspensão dos contratos com a Petrobras, fazendo com que a estatal a enviasse para a China, em 2015, para a finalização da construção da plataforma, concluída em maio deste ano.

A plataforma tem 353 mil toneladas, 288m de comprimento, 54m de largura e 31m de altura. Sua capacidade estimada de produção é 150 mil barris de petróleo por dia e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural, e conta, ainda, com sistemas de tratamento de água, de injeção de água e de remoção e reinjeção de CO2.

O sistema de produção de Lula Norte é operado pela Petrobras, que possui 65% de participação em um consórcio que tem como parceiras as empresas Shell, com 25%, e a Galp, 10%. A produção está prevista para início no quarto trimestre deste ano.

Fique atualizado sobre tudo no mercado de petróleo, gás, energia, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore no portal da Panorama Offshore e lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta