P-68 é lançada rumo ao pré-sal da Bacia de Santos

Na manhã de segunda feira (16), aconteceu o lançamento ao mar da primeira plataforma de petróleo construída no Espirito Santo, a Plataforma P-68. A estrutura foi fabricada no Estaleiro Jurong Aracruz (EJA), no litoral norte do estado e saiu em direção aos campos de Berbigão e Sururu, no pré-sal da Bacia de Santos. Ela será utilizada na produção de petróleo e gás na região, que está prevista para começar no 4° trimestre de 2019.

O casco da estrutura da P-68, que tem capacidade para produção de até 150 mil barris de petróleo por dia, foi feito no Estaleiro Rio Grande (RS) e a integração dos módulos mais o comissionamento da unidade, foram concluídos no Estaleiro Jurong Aracruz.

“Os campos de Berbigão e Sururu estão localizados na concessão BM-S-11A, operada pela Petrobras (42,5%), em parceria com a Shell Brasil Petróleo Ltda. (25%), a Total (22,5%) e a Petrogal Brasil S.A. (10%), sendo as empresas consorciadas as proprietárias da P-68. Os reservatórios desses campos se estendem para áreas sob o Contrato de Cessão Onerosa (100% Petrobras) e, após o processo de unitização, constituirão as jazidas compartilhadas de Berbigão e Sururu”, informou a Petrobras em nota.

O lançamento da plataforma ao mar estava previsto para a última sexta feira (13) e chegou a ser cancelado. Tanto a Petrobras, quanto a EJA, não informaram o motivo do atraso, apenas o Estaleiro Jurong Aracruz disse que o cancelamento foi por “circunstâncias inevitáveis”.

Não deixe de acompanhar a Panorama Offshore e ficar informado sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, gás, energias, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Acesse o portal da Panorama Offshore. Seu negócio passa por aqui! Confira em www.facebook.com.br/panoramaoffshore e www.panoramaoffshore.com.br / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

4 comentários em “P-68 é lançada rumo ao pré-sal da Bacia de Santos

Deixe uma resposta