Paralisação de oleoduto faz preço do petróleo subir

Devido a paralisação das atividades do oleoduto de Forties, no Reino Unido, que transporta 40% da produção diária do petróleo, os preços da commodity nos contratos futuros subiram cerca de 2% no início desta semana. O petróleo WTI, na Nova York Mercantile Exchange (Nymex), fechou em alta de 1,10%, para janeiro, indo a US$ 57,99 o barril. Já na Intercontinental Exchange (ICE), o tipo Brent avançou 2,03%, a US$ 64,69.

Segundo informações da imprensa britânica, a paralisação se deu por conta de uma rachadura no oleoduto, e ainda não há previsão de restabelecimento das atividades. A parada, não programada, deixou o mercado empolgado, sobretudo, após recentes informações de que o número de poços e plataformas de petróleo nos Estados Unidos subiu 2 para 751, e a produção americana também tem avançado, o que, há tempos, vem deixando investidores preocupados.

Analistas acreditam que o período do Natal será um momento decisivo para o mercado, visto que os investidores aguardam os dados dos estoques dos EUA e a decisão política monetária do Federal Reserve, banco central americano, para saber como será o andamento do petróleo em 2018. Além disso, há ainda o monitoramento dos cortes de petróleo liderado pelos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Acompanhe a Panorama Offshore e mantenha-se informado sobre tudo o que acontece no setor de petróleo, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Acompanhe a Panorama Offshore e lembre-se: seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br e www.facebook.com/panoramaoffshore.



Um comentário em “Paralisação de oleoduto faz preço do petróleo subir

Deixe uma resposta