Parceria firmada com a Petrobras permitirá maior eficiência na simulação da produção do pré-sal

A Petrobras firmou uma parceria com o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), em São Carlos, São Paulo, a fim de realizar uma simulação da produção no pré-sal brasileiro e aumentar a eficiência da extração de petróleo. O estudo conta com 14 pesquisadores, além de um supercomputador doado pela Universidade de São Paulo (USP), que é o equipamento mais rápido instalado para o uso científico no estado paulistano.

A proposta da pesquisa é indicar qual o melhor mecanismo para que o óleo e gás sejam extraídos dos campos do pré-sal, sendo eles: despressurização, injeção de água ou injeção de compostos químicos. As áreas do pré-sal brasileiro ocupam de 700 a 800 km de comprimento por 150 a 200 km de largura e até 1 km de espessura e representam um grande desafio para a pesquisa, já que os reservatórios simulados atualmente são bem menores em sua extensão.

A pesquisa, que já passou pelo crivo da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), tem estimativa para apresentar resultados em cerca de quatro anos. A certeza é de que esse tipo de estudo e investimento só trazem avanços para a extração de petróleo brasileiro, bem como progresso para o Brasil.

Mantenha-se sempre informado com notícias sobre a área de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Acesse o portal da Panorama Offshore e lembre-se: seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Um comentário em “Parceria firmada com a Petrobras permitirá maior eficiência na simulação da produção do pré-sal

Deixe uma resposta