Petrobras coloca à venda campos em águas rasas

A Petrobras está seguindo firme seu plano de desinvestimento, a fim de equilibrar as contas da estatal. Com foco na redução da dívida de R$ 364,8 bilhões logo no primeiro trimestre, a empresa colocou como “bola da vez” os sete conjuntos de campos de petróleo em águas rasas, que totalizam 30 concessões.

Localizados nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, Rio de Janeiro e São Paulo, a lista, que conta com campos históricos da Petrobras, tem o objetivo de contribuir para que a companhia atinja a meta de levantar US$ 21 bilhões com a venda de ativos no biênio 2017-2018.

Exceto nas concessões de Pescada e Arabaiana, onde a companhia é operadora com participação de 65%, a estatal mantém atualmente 100% de participação nos campos. A parcela da Petrobras na produção média de petróleo e gás natural dos campos à venda, no primeiro semestre, foi de 73 mil barris de óleo equivalente por dia.

A empresa informou que o mercado está em concordância com a sistemática para desinvestimentos da Petrobras, que foi revisada e aprovada pela Diretoria Executiva da companhia e está alinhada às orientações do Tribunal de Contas da União (TCU). Os Teasers, que contêm as principais informações sobre cada uma das oportunidades, bem como os critérios objetivos para a seleção de potenciais participantes, estão disponíveis no site da Petrobras: www.investidorpetrobras.com.br/pt/comunicados-e-fatos-relevantes.

Mantenha-se informado sobre tudo que acontece no setor de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore aqui na Panorama Offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta