Petrobras cria gerência com foco sustentável

A Petrobras informou, através de um comunicado, que o Conselho de Administração da empresa aprovou a criação da Gerência Executiva de Mudança Climática. O setor será responsável por liderar as ações da companhia relativas à gestão de carbono, redução das emissões atmosféricas, eficiência energética e mudança do clima. 

Segundo a petroleira, a nova estrutura será ligada à Diretoria Executiva de Relacionamento Institucional, que passa a se chamar Diretoria Executiva de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade. 

“A criação da Gerência Executiva de Mudança Climática tem como objetivos a melhoria da governança e o aumento do foco na redução de emissões de gases de efeito estufa e na captura de carbono. Adotamos uma política de transparência em nossos compromissos relacionados a emissões e optamos pelo uso de inovações tecnológicas aplicadas ao nosso core business, conciliando a maximização de valor para o acionista com o retorno para a sociedade de ações destinadas a minimizar o aquecimento da Terra”, explicou Roberto Castello Branco, presidente da companhia. 

Lembrando que a estatal aderiu, em julho, a um programa mundial de redução de emissões. A Oil and Gas Climate Initiative (OGCI – da sigla em inglês para Iniciativa Climática para Óleo e Gás) – organização a qual a Petrobras faz parte desde janeiro de 2018 – anunciou uma meta para redução da intensidade de carbono coletiva das operações de upstream das companhias integrantes. A meta é atingir o desempenho de 20 kg a 21 kg de CO2 para cada barril de óleo equivalente comercializado até 2025, a partir de uma linha de base coletiva de 23 CO2e/boe em 2017.


ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta