Petrobras elabora novo modelo de venda da Liquigás

A Petrobras tem mantido reuniões com membros do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para colher sugestões para elaborar um novo modelo de venda da Liquigás, sua subsidiária e segunda maior distribuidora de GLP do país. Em fevereiro, o Cade não aprovou o a venda da empresa para o grupo Ultra, que já controla a Liquigás, líder do mercado, pelo valor de R$ 2,8 bilhões. Se a compra tivesse sido aprovada, o grupo Ultra ficaria com 45% do mercado de GLP do país.

De acordo com uma fonte, o novo modelo de venda que está sendo elaborado pela Petrobras visa a contemplar todas as questões apontadas pelo Cade como necessárias para evitar uma eventual concentração de mercado. Segundo a fonte, a ideia é é elaborar um modelo que “contenha todos os remédios apontados pelo Cade”.

– Será um modelo que conterá as questões apontadas pelo Cade. Pode ser, por exemplo, um comprador que não tenha atuação no mercado. É uma interlocução semelhante com a que foi feita com o Tribunal de Contas da União (TCU), para preparar o modelo do negócio de forma mais robusta, e que se tenha a garantia que não será reprovado pelo Cade lá na frente – destacou a fonte.

De acordo com outra fonte, a possibilidade é de se definir que a Liquigás será vendida para um investidor que não atua no setor de GLP, ou então vender a companhia fatiada para evitar concentração de mercado em algumas regiões do país. Fonte: O Globo.

Saiba  tudo o que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta