Petrobras planeja fechar 2018 com redução de dívida em US$ 16 bilhões

A Petrobras pretende encerrar este ano com uma redução do seu endividamento para US$ 69 bilhões, diminuição significativa se comparada ao ano passado, em que fechou com um débito de US$ 85 bilhões, totalizando, assim, uma diferença de US$ 16 bilhões entre os anos de 2018 e 2017. O anúncio foi feito pela diretoria da estatal, durante o Investor Day, em São Paulo.

Ainda que a meta de redução do endividamento seja atingida, será maior que dos anos de 2010 e 2011, com um débito de US$ 37 bilhões e US$ 55 bilhões, respectivamente.

Durante o evento, o presidente da companhia, Ivan Monteiro, alegou que a diminuição da dívida da estatal se deve a valorização do petróleo Brent, que atualmente está acima de US$ 70 o barril, superando a estimativa da Petrobras, que previa o valor do óleo em torno de US$ 58 bdp.

A estatal ainda previu um fluxo de caixa de US$ 15 bilhões ao final de 2018, acima dos US$ 13,5 bilhões registrados em 2017. Desde o ano de 2015, a Petrobras vem registrando saldo de caixa positivo.

As melhores notícias você encontra no portal da Panorama Offshore. Acesse e fique por dentro de tudo que envolve o mercado combustíveis, Petrobras, Eletrobras, onshore e offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br ou www.facebook.com.br/panoramaoffshore



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *