Petrobras: preço do gás natural deve cair mais em agosto

Os preços de gás natural da Petrobras junto às distribuidoras devem cair novamente em agosto, de acordo com a diretora de refino e gás natural da companhia, Anelise Lara, em entrevista na última quinta-feira (25) em um evento on-line.

Lara afirma ainda que o movimento de queda está associado ao do petróleo Brent, petróleo que é referência no mundo todo. “O preço da molécula do gás, nos novos contratos, está associado ao Brent. E o preço do petróleo caiu muito no mercado, o que fez com que em maio os preços da molécula mais o transporte chegassem a US$ 6, US$ 6,5 o milhão de BTU (unidade térmica britânica). Agora em agosto esses preços devem cair ainda mais, porque houve uma continuidade na queda do Brent”, disse a executiva.

Além disso, a diretora mencionou que a turbulência no mercado de gás natural deve tornar os preços de importação de gás natural liquefeito (GNL) mais competitivos. Contudo, para ela, o país não sofre com uma falta de infraestrutura de escoamento de gás natural atualmente. Lara afirma que os altos índices de reinjeção de gás nos campos do pré-sal se devem a uma escolha técnica para aumentar a recuperação de petróleo nesses ativos, e não uma falta de estrutura.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta