Petrobras reavalia participação da Golar em licitação

A Petrobras comunicou que irá repensar a participação da Golar Power, empresa do ramo de Gás Natural Liquefeito (GNL), em uma licitação de um terminal de regaseificação na Bahia. O motivo da decisão seria o possível envolvimento de um executivo da Golar na Operação Lava Jato.

O comunicado foi feito pela estatal na noite da última segunda-feira (28). No texto, a empresa informa que irá analisar a integridade da Golar. As acusações na mais recente fase da Operação Lava Jato são contra o executivo e atual CEO da Golar Power, Eduardo Antonello, baseadas em depoimentos de réus confessos e acordos de delação premiada em sua atuação anterior no grupo Seadrill.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta