Petrobras reduz importação de gás da Bolívia

Em virtude da queda no consumo e aumento da oferta nacional, em nota, a Petrobras informou que reduziu em 45% o volume máximo diário contratado com a estatal boliviana YPFB. O volume de metro cúbicos importado nos últimos anos foi de 30 milhões, contudo, a estatal brasileira não informou a quantidade exata que está negociada e nem os termos do contrato.

Segundo a Petrobras, o contrato atual de importação está previsto para terminar em 31 de dezembro de 2019, podendo ser automaticamente prorrogado até ser retirado o volume máximo contratado. Apesar da empresa está vendendo seus ativos de gás, a produção vem aumento impulsionada pela extração do pré-sal.

Para se ter uma ideia, a produção de gás no Brasil subiu 2,6 milhões de metros cúbicos em 2016, aumentando e 74,4 milhões em 2015, para 77 milhões de metros cúbicos por dia em 2016. Continue interagindo com a Panorama Offshore e mantenha-se sempre informado sobre tudo o que acontece no mundo do petróleo, gás e energias.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta