Petrobras: surto de Covid força desembarques no Tupi

Nesta semana, a Petrobras enfrentou um surto de Covid-19 na plataforma P-69, no supercampo Tupi (anteriormente Lula), o maior produtor do país. Com isso, dezenas de trabalhadores foram obrigados a desembarcar para testagem preventiva. A plataforma, que fica na bacia de Santos, também passou por uma higienização adicional. Em nota, a estatal informou que os desembarcados teriam acompanhamento das equipes de saúde da Petrobras e orientações para isolamento. O número exato dos trabalhadores não foi informado.

De acordo com o Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro-LP), foram 31 funcionários com diagnóstico positivo para a Covid-19, e mais 30 previstos para desembarque na última quinta-feira (19). Ainda segundo o sindicato, os trabalhadores afetados deveriam registrar a contaminação como acidente de trabalho (CAT), recomendação reconhecida também pela Anvisa e relatório da Fiocruz. A Petrobras, no entanto, contesta o entendimento.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta