Petrobras tem autorização para importação de gasolina de aviação

Diante da parada para manutenção da unidade da Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), em Cubatão (SP), a Agência Nacional do Petróleo (ANP) concedeu autorização, em caráter de exceção, à Petrobras para movimentação de gasolina de aviação em instalações no Porto de Santos, a fim de garantir o fornecimento do combustível pela estatal para o mercado interno.

A deliberação da ANP concede à movimentação de cargas de gasolina de aviação em instalações da Granel Química entre 1º de fevereiro e 31 de julho de 2019, pois a paralisação na unidade de produção do combustível da RPBC deve durar até junho de 2019. A Refinaria em Cubatão é responsável pela produção de gasolina de aviação no Brasil e tem capacidade de 5 milhões de litros por mês.

Estão programadas mais importações com entrega em fevereiro que, segundo a estatal, totalizam 19,2 milhões de litros do combustível. As importações estão sendo realizadas para atender a demandas dos clientes, mas há estoque do produto em Santos para pronta entrega de revendedores e distribuidoras. Ou seja, não faltará combustíveis da BR.

Não deixe de acompanhar o portal da Panorama Offshore e fique por dentro de tudo que envolve o mercado de petróleo, gás, energia, biocombustíveis, onshore e offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br e www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta