Petrobras tem queda na produção de petróleo em fevereiro

A estatal brasileira informou que no mês de fevereiro, a produção média de petróleo sofreu uma queda de 1% em relação a janeiro deste ano, produzindo 2,2 milhões de barris por dia (bpd). Apesar de cair, o volume foi maior em 10% se comparado ao mesmo mês de 2016.

Segundo a Petrobras, a queda está relacionada a parada programada do FPSO Cidade de Paraty, localizado no campo de Lula Nordeste, no pré-sal da Bacia de Santos e ao fim da fase de testes do Sistema de Produção Antecipada (SPA) que operou no campo de Búzios, sob regime da Cessão Onerosa.

Houve também queda na produção de gás natural no Brasil. Excluindo o liquefeito, o volume produzido foi de 80,2 milhões de metros cúbicos dia, ou seja, 1% inferior ao mês de janeiro. A Petrobras informou que a redução também tem relação com a parada programada do FPSO Cidade de Paraty.

Sobre a produção na camada do pré-sal (parcela própria e dos parceiros), o volume de petróleo e gás natural em fevereiro foi de 1,53 milhão de boed, o que demonstra um aumento de 41% em relação ao mesmo período de 2016 e queda de 3% comparado com janeiro de 2017.

A produção total de petróleo e gás natural, em fevereiro, foi de 2,82 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), sendo 2,703 milhões boed produzidos no Brasil e 113 mil boed no exterior. Sendo que de petróleo o volume foi de 63,5 mil bpd, 8% menor que em janeiro e 8,4 milhões de m³/d de gás natural, 3% abaixo do volume produzido no mês anterior. Segundo a Petrobras, desempenho resultou, principalmente, da parada operacional dos campos de Lucius e Hadrian South, nos EUA, em função da limitação de escoamento da produção, que é realizada através de facilidades de terceiros.

Continue acompanhando a Panorama Offshore e mantenha-se sempre atualizado sobre todas as notícias relevantes de petróleo, pré-sal, gás e energias. Lembre-se: seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

8 comentários em “Petrobras tem queda na produção de petróleo em fevereiro

Deixe uma resposta