Petrobras: transparência x militarização

A Petrobras foi eleita pelo quinto ano seguido como uma das empresas mais transparentes entre as 10 empresas na categoria acima dos R$ 8 bilhões de receita líquida. Apesar da empresa ter recebido esse prêmio, que é oferecido às empresas com maior transparência contábil, mais uma vez ela virou assunto após ações que foram consideradas como “militarização”.

Com a atenção voltada para os aumentos dos produtos e serviços, incluindo o preço da gasolina, a estatal fez uma alteração em sua cúpula que passou previamente despercebida. Enquanto a população está focada nas taxas absurdas, o general Joaquim Silva e Luna, presidente da estatal, contratou militares para a cúpula da empresa. Essa ação levou o nome de “militarização” da Petrobras e com esses fatos, mais uma vez, a empresa divide opiniões da população em relação à confiança que pode depositar na estatal.

Fique por dentro do que acontece nas áreas de petróleo, gás e energia através da Panorama Offshore. Aqui você confere informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta