Petróleo de xisto volta a crescer nos EUA

Segundo dados da Bloomberg, a produção de xisto nos Estados Unidos voltou a registrar aumentos perceptíveis no mercado. O número de sondas de perfuração na terra do “Tio Sam” cresceu 91% em cerca de nove meses.

A produção de xisto norte-americano aumentou em mais de 550.000 barris por dia desde o terceiro trimestre de 2016. De olho nesse grande aumento estão as grandes petrolíferas como a Exxon Mobil que, inclusive, encaminhará um terço do seu orçamento deste ano para a exploração nos campos de xisto. Para se ter uma ideia, no início de 2017, a empresa fechou um acordo de 6,6 mil milhões de dólares, que visa duplicar sua presença na bacia do Permiano, o campo de xisto mais fértil dos EUA.

A Panorama Offshore já havia noticiado que 2017 seria um bom ano para o xisto nos EUA (http://migre.me/wcs5L) em vista dos investimentos divulgados. De acordo com analistas da empresa de consultoria em óleo e gás, Rystad Energy, por cada dólar investido este ano no xisto norte-americano, outro dólar será alocado para projetos planejados offshore, acumulando gastos de US$ 70 bilhões em cada setor.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta