Petróleo em queda não impedem investimento na área

A seguidas quedas do petróleo ocorrida nos últimos dias, sobretudo, com as expectativas do evento da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), que deve decidir sobre um acordo de cortes de produção, não afetaram o plano de investimento de algumas empresas brasileiras de exploração e produção de petróleo, para os próximos anos.

Na contramão do chefe da Agência Internacional de Energia (IEA), Fatih Birol, que anunciou recentemente durante conferência em Tóquio, sobre a queda dos investimentos em nova produção do óleo para o próximo ano, a Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás garantiu que a baixa dos preços do barril do petróleo não deve comprometer o plano de investimento da empresa.

Controlada pelos fundos de private equity First Reserve e Riverstone, a petroleira brasileira se diz em posição confortável para manter a exploração no bloco BM-S-8 (Carcará), onde detém 10% do negócio, bem como no desenvolvimento do campo de Atlanta, no pós-sal na bacia de Santos onde tem participação junto com a Queiroz Galvão. De acordo com a empresa, o montante acumulado em caixa será suficiente para arcar com os investimentos.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta