Petróleo pode ser substituído por cana-de-açúcar

Mais uma novidade para o setor das indústrias. A Universidade de São Paulo (USP) realizou um projeto onde descobriu um composto derivado do bagaço da cana-de-açúcar que pode ser usado como substituto do petróleo na fabricação de plásticos. A pesquisa é do professor Antonio Burtoloso, do Instituto de Química de São Carlos (IQSC).

Segundo o especialista, a substância é semelhante à usada na elaboração de plásticos para painéis de carros e alguns tipos de espuma dura. Contudo, Burtoloso afirma que ainda está em busca de parcerias e que o projeto carece de testes.

“Ao invés da gente construir moléculas de fontes de carbono, que não são renováveis, como é o caso hoje em dia, em que quase 100% vem do petróleo, o que a gente fez foi usar outra fonte de carbono, que é a biomassa”, resume o professor. Os resultados foram publicados na revista científica britânica Green Chemistry.

Apesar de animado com a nova descoberta, o especialista afirma que ainda é necessário um período de desenvolvimento para que o produto possa chegar ao mercado. “Eu não veria algo desse tipo virar um produto para o consumidor antes de cinco anos”, finaliza.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

8 comentários em “Petróleo pode ser substituído por cana-de-açúcar

Deixe uma resposta