Petrolífera chinesa pode vender fatia na Bacia de Campos

A empresa de petróleo e gás chinesa Sinochem pode vender sua participação de 40% no campo de Peregrino, na Bacia de Campos, no Rio de Janeiro. De acordo com informações da Reuters, a Sinochem está lançando o processo de venda com um grande desconto em relação ao preço pago pela companhia na compra do ativo. Os outros 60% do campo de Peregrino são da norueguesa Statoil.

A compra da atual fatia em Peregrino pela Sinochem ocorreu em 2010, em meio a uma grande disputa quando outras petrolíferas chinesas buscavam ativos de alta qualidade. O processo de venda estaria ainda na fase inicial.

A assessoria de imprensa da Sinochem informou que a companhia não faz comentários sobre projetos específicos. No entanto, a empresa tem monitorado uma grande quantidade de oportunidades de negócios no mercado e está pronta para reajustar e otimizar sua estrutura de ativos no momento certo.

Diante dessa notícia e conforme já noticiado pela Panorama Offshore (http://migre.me/w6IVe) em fevereiro, a Statoil, que detém 60% de Peregrino vem concentrando suas forças e investimentos no Brasil. Unindo essas informações, podemos concluir que a Statoil pode ser uma potencial compradora dos outros 40% da Sinochem e, assim, tomar conta 100% do campo de Peregrino.

Não podemos afirmar com certeza que a Statoil irá comprar essa fatia, no entanto, sabemos que a companhia nórdica vê um futuro de presença significativa no Brasil para os próximos anos. Nos resta acompanhar as próximas informações sobre essa movimentação.

Para mais detalhes sobre o mundo offshore continue interagindo com o Panorama, pois os últimos meses foram suficientes para demonstrar que o portal é a ferramenta ideal para os que precisam e buscam informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta