Pré-sal bombeia e mercado de petróleo avança

Mesmo a passos lentos a Petrobras começa a botar a cabeça para fora e demonstrar que possui o oxigênio que o mercado de petróleo brasileiro precisa para a caminhar fora da crise. Exemplo de que realmente a estatal está trilhando por esse caminho foi a notícia que tornou pública na terça-feira, 20 de dezembro, sobre o início da produção no campo de Lapa, no pré-sal da Bacia de Santos.

Segundo a estatal, o campo de Lapa, localizado a aproximadamente 270 km da costa do estado de São Paulo, em profundidade de água de 2.140 metros, começou a bombear petróleo e gás natural através da Unidade flutuante de armazenamento e transferência (FPSO) batizada de Cidade de Caraguatatuba. O robusto navio-plataforma tem capacidade para processar diariamente 100 mil barris de petróleo, comprimir 5 milhões de m3 de gás, estando interligado ao campo de Lapa por meio do poço produtor 7-LPA-1D.

Se você quer mais detalhes sobre o mundo offshore continue interagindo com o Panorama, pois os últimos meses foram suficientes para demonstrar que o portal é a ferramenta ideal para os que precisam e buscam informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore

 

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta