Prefeito do RJ pede liberação de R$ 1,25 bi da Petrobras

Marcelo Crivella, prefeito da cidade do Rio de Janeiro, solicitou no dia 25 de abril que o Supremo Tribunal Federal liberasse metade dos R$ 2,5 bilhões bloqueados resultantes do acordo entre a Petrobras e do Ministério Público Federal. Foi solicitada uma liminar ao ministro Alexandre Moraes para liberação do valor, com o compromisso de devolução em até 90 dias.

A Petrobras fechou acordo com autoridades norte-americanas para devolução aos investidores de US$ 853 milhões, como reparação por fraudes na estatal. Esse acordo prevê aplicação de US$ 682 milhões no Brasil (cerca de R$ 2,56 bilhões), sendo que metade do valor (cerca de R$ 1,25 bilhão) seria aplicado em um fundo patrimonial a ser gerido por uma fundação privada.

Em documento Crivella afirma que a cidade do Rio de Janeiro foi fortemente prejudicada pela corrupção na Petrobras, por isso o prefeito solicitou imediata liberação de 50% do valor para ajuda na cidade. “O município do Rio de Janeiro foi o que sofreu, de maneira mais dramática, os efeitos da Lava Jato.”, diz parte do texto.

Na Panorama Offshore você tem acesso as notícias de conteúdo ilimitado sobre tudo que envolvem os mercados dos setores de petróleo, gás, energias, onshore e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Acesse e confira em www.panoramaoffshore.com.brwww.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

5 comentários em “Prefeito do RJ pede liberação de R$ 1,25 bi da Petrobras

Deixe uma resposta