Primeiro bunker de GNL da Total é lançado ao mar

A empresa do ramo petroquímico e energético, Total, anunciou o lançamento do seu navio bunker movido a gás natural liquefeito (GNL) no mar. O bunker, com capacidade de carregamento de 18.600 metros cúbicos de gás, irá operar com o fornecimento de GNL para navios comerciais no norte da Europa.

A previsão da Total é de que a embarcação atenda a nove navios realizadores de transações comerciais entre a Ásia e Europa. Além disso, a construção do bunker para GNL está de acordo com a decisão da Organização Marítima Internacional (OMI), que limita o teor de enxofre dos combustíveis navais a partir de 2020. A operação do navio foi possível por conta do fechamento de um contrato de fretamento de 10 anos entre a Total e a Mitsui O.S.K Lines.

A vantagem do uso do GNL como combustível marítimo é o corte de 99% das emissões de enxofre, além do corte de 85% das emissões de óxido de nitrogênio e 20% das emissões de gases do efeito estufa (GEE).

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta