Privatização da Eletrobras divide opiniões

Nesta terça-feira (13), foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a medida provisória que permite a privatização da Eletrobras. O objetivo é que as vendas ocorram até que o governo deixe de ter poder majoritário na estatal. A desestatização divide opiniões entre o governo, que alega que isso refletirá em redução nas contas de energia e empresas do setor, que afirmam que a consequência pode ser exatamente adversa ao informado.

Além do acrescimento nas contas de energia, visto que junto à medida foram inclusas normas que geram gastos que serão repassados ao consumidor, alguns representantes de indústrias alertam também que a desestatização, que tem previsão de ser concluída até fevereiro do próximo ano, pode acarretar efeitos negativos para o consumidor, como o encarecimento de diversos produtos como cerveja, carne e leite.

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta