Produção de petróleo da Angola teve queda em março

O quadro baseado na comunicação directa indica que a produção de Angola caiu dois mil barris por dia (bpd) para 1,496 milhões de bpd, enquanto a da Nigéria aumentou 50,3 mil bpd para 1,686 milhões de bpd, um diferencial de 190 mil barris por dia.

O quadro baseado em fontes secundárias revela, por seu turno, que a produção de Angola caiu 81,7 mil barris por dia para 1,524 milhões de bpd, ao passo que a da Nigéria aumentou 18,3 mil barris por dia para 1,810 milhões de bpd, um diferencial neste caso de 286 mil barris por dia.
Em Fevereiro, mês mais recente para o qual o relatório publica dados, Angola manteve-se como um dos principais fornecedores de petróleo à China, mas em terceiro lugar, com uma quota de 12 por cento, sendo superada unicamente pela Rússia, com 16 por cento e pela Arábia Saudita, com 14 por cento.

O relatório indica ainda que nesse mês as vendas angolanas à China caíram 128 mil barris por dia, as da Rússia reduziram-se em 18 mil bpd, ao passo que as da Arábia Saudita aumentaram em 198 mil barris por dia. Fonte: Jornal de Angola

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta