Produção energética global deve mudar, alerta IEA

Segundo a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês), as crescentes mudanças climáticas irão transformar a produção energética em todo o globo. Um exemplo desta teoria é a constante redução do uso de petróleo e a crescente utilização de energias renováveis.

Na última quarta-feira (13), Fatih Birol, diretor-executivo da IEA, afirmou: “O mundo precisa urgentemente concentrar sua atenção, com a precisão de um laser, na redução de emissões planetárias. Para isso, é necessária uma grande coalizão entre governos, investidores, empresas e todos aqueles que estão engajados na luta contra as mudanças climáticas”. Contudo, para ele, o feedback dos governos e da indústria ainda não é satisfatório.

A IEA também destaca a necessidade da diminuição das emissões do atual sistema energético, em boa parte estruturado pelo carvão, rocha sedimentar combustível extremamente poluente. Birol mencionou, inclusive, que as emissões de CO2 chegaram a níveis altíssimos no último ano. Além disso, lembrou que é necessária a contenção do aquecimento abaixo de 2°C, pois só assim o cenário será compatível com os objetivos propostos pelo Acordo de Paris.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta