Programa do governo abrirá mercado de gás no País

“Novo Mercado de Gás”, programa criado pelo governo, que busca promover a abertura do mercado no setor, deve ser lançado até junto deste ano, juntamente com um pacote de medidas. A informação partiu do Ministério de Minas e Energia que informou que a proposta é oferecer competitividade e cumprir a promessa do ministro da Economia, Paulo Guedes, para obter um “choque de energia barata”. Os trabalhos serão conduzidos de forma coordenada com o Ministério da Economia.

Em entrevista ao Jornal Folha de S. Paulo, Guedes, disse que a questão é baratear a energia e que os estudos apresentados ao longo da formulação do programa Gás para Crescer, lançado no governo Temer, serão aproveitados. No entanto, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, avalia não ser tão fácil garantir a redução de 50% no custo do gás, porque é muito difícil quantificar, mas a intenção é que o valor seja competitivo. A ideia é elevar a concorrência da indústria brasileira a partir da exploração do gás das áreas do pré-sal.

Sobre a possibilidade de concessão de subsídios para expansão de gasodutos, Albuquerque comentou sobre a emenda incluída em um projeto de lei já aprovado no Senado e em tramitação na Câmara, que dedica 20% dos recostos do fundo social do pré-sal, destinado à saúde e educação, para o Brasduto, fundo que faria empréstimos subsidiados para a construção dessas estruturas. Contudo, o ministro diz não ter opinião formada, visto que a proposta não estava no projeto de lei original.

Siga a Panorama Offshore e confira as principais notícias sobre o mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Confira em: www.panoramaoffshore.com.brwww.facebook.com/panoramaoffshore e Instagram @panoramaoffshore.



Deixe uma resposta