Projeto da Zeg Ambiental transforma lixo em energia

A Zeg Ambiental desenvolveu uma tecnologia batizada de FlashBox, capaz de gerar de 1 até 2 MW de energia por tonelada de lixo urbano e industrial, reciclado e processado. O projeto foi desenvolvido após uma pesquisa que verificou que os países com maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) são os com maiores taxas de reciclagem de resíduos.

No Brasil, a inovação gera expectativas e surpresa, visto que apesar do país possuir grande taxa de geração de resíduos sólidos e manter mais de 3.000 lixões abertos, não oferece projetos de WTE (usinas geradoras de energia através do lixo urbano).

Para sua implementação, é preciso passar por licitação nos municípios que quiserem aderir ao projeto ou realizar uma Parceria Público Privada (PPP). Somente após essa aprovação que começa o projeto de implantação, que pode levar de 8 até 12 meses e os contratos podem variar entre 20 e 30 anos.

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta