Queda no barril de petróleo preocupa diretores da Petrobras

O desempenho da Petrobras pode ser abalado frente as baixas no preço do barril do petróleo. O reflexo nas ações da empresa já foi sentido este mês de novembro, visto que a petroleira acumulou perdas de quase 12%. Analistas estão considerando o valor de US$ 78/barril para 2019 e uma queda brusca para US$65 em 2020, caso as estimativas se concretizem, a estatal nacional poderá ser seriamente afetada.

A Petrobras acredita que esse cenário de preços pressionados do petróleo em 2019 pode elevar a competição, beneficiando as importadoras. Há quem acredite que diversos fatores devem continuar pressionando os preços do petróleo em 2019, no entanto, o impacto para a Petrobrás será limitado. Ao que parece a queda do barril, pode ser certeira, mas o declínio da estatal ainda é incerto. É preciso aguardar cenas dos próximos capítulos.

Saiba mais sobre as principais notícias de petróleo, gás, energia, biocombustíveis, onshore e offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Confira o portal da Panorama Offshore em www.panoramaoffshore.com.br e www.facebook.com/panoramaoffshore. Seu negócio passa por aqui!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *