Recuo nas refinarias de petróleo ameaça economia

Devido a uma crise econômica e preferência na importação de combustíveis, o Brasil passou por uma queda nos processamentos de petróleo em suas refinarias. Segundo a Agência Nacional de Petróleo (ANP), o volume refinado no ano passado sofreu uma queda de 7,5% em comparação ao ano de 2015.

A causa da redução das refinarias está relacionada ao aumento das importações de combustíveis, visto que, os preços da gasolina e diesel se mantiveram elevados no Brasil em relação ao mercado exterior. Sendo assim, as empresas optaram por transportar o combustível do mercado internacional ao invés de comprar na Petrobras.

De acordo com a Agência Nacional de Petróleo (ANP), o Brasil possui 17 refinarias, sendo 13 de propriedades da Petrobras, que se responsabilizam por 98% do petróleo refinado no país. Conforme pronunciou a estatal, esse processamento das refinarias foi apropriado à situação de modo a aprimorar os resultados da empresa através da melhor combinação de preços e atuação de mercado.

*Colaboração de Beatriz Cunha, estudante de Jornalismo, supervisionado pela equipe da Convictiva Comunicação.



Deixe uma resposta