Refinarias mantêm lucros apesar da crise

Empresas petrolíferas dedicadas à fabricação de combustíveis estão conseguindo lucrar apesar da crise causada pelo Covid-19, ao contrário daquelas com foco na exploração e produção de petróleo e gás natural. Isso se dá em função da queda do preço do petróleo, matéria-prima das refinarias, e também da desvalorização do óleo cru.

Entre essas empresas, estão as americanas Marathon e Valero, que ocupam o 5º e 8º lugar entre as maiores do mundo, respectivamente. A Marathon fechou o segundo trimestre com lucro de US$ 276 milhões, enquanto a Valero com US$ 1,2 bilhão, o dobro do ganho no mesmo período em 2019. Outra é a indiana Relliance, 20ª maior do mundo, que apresentou ganho de US$ 35 milhões.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta